São Paulo sedia o 1º Dutch Sector Dialogue - Logistics Network Meeting

Referência mundial em logística, a Holanda reuniu especialistas da área em São Paulo na 1° edição do Dutch Sector Dialogue, evento que procura discutir áreas de destaque dos Países Baixos e sua relação com o Brasil..

19 de Dezembro de 2016

Realizada pelo Nuffic Neso Brazil, Embaixada do Reino dos Países Baixos e Dutcham (Dutch Brazilian Chamber of Commerce), a primeira edição do Dutch Sector Dialogue teve como foco empresários, profissionais e alumni (ex-estudantes) de instituições holandesas da área de logística.  “A Holanda tem um papel estratégico na economia globalizada ao ocupar uma posição chave devido a localização e importância do Porto de Rotterdam e do Aeroporto de Amsterdam-Schilpol, acreditamos que é possível trocar muitos casos de best practices com o Brasil e suas proporções continentais com ganhos e aprendizados para os dois lados”, afirma Ellen Bijlsma, diretora do Nuffic Neso Brazil.

O encontro contou com as participações de Diogo Piloni e Silva, da Secretária de Articulação e Políticas Públicas do Programa de Parceria de Investimentos (PPI) do Governo Federal, e de Fábio Luiz Lima de Freitas, da Secretaria de Fomento para Ações de Transportes do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil. Ambos comentaram sobre as futuras oportunidades de investimento em infraestrutura no Brasil, principalmente no que tange aos projetos de concessões futuras para 2017 e 2018.

Tendo consciência da dificuldade em destravar áreas de infraestrutura do Brasil, Diogo Piloni iniciou sua apresentação ressaltando cinco etapas que o PPI seguirá para que isso aconteça:

Assim, ao longo do processo, o Programa irá garantir planejamentos feitos a longo prazo, além da coordenação entre múltiplas autoridades e agilidade na liberação dos projetos. Piloni ainda ressaltou a definição de prazos específicos para liberação de concessões, além dos editais também serem lançados em inglês para garantir a concorrência ampla e justa com empresas de capital estrangeiro.

Em um segundo momento, Fábio Freitas destacou a necessidade da redução de tarifas em alguns projetos de concessões rodoviárias, como a da BR 364/365 no trecho entre Jataí e Uberlândia, principalmente quando levado em consideração a estrutura socioeconômica da região. Ainda, também enfatizou a necessidade de adequação dos projetos de acordo com a área que será atendida, como, por exemplo, nem sempre haver a necessidade de realizar a duplicação completa da pista quando considerada a vazão dos carros.

A primeira edição também marcou o lançamento do Logistics Chapter, rede mundial de profissionais que estudaram em instituições holandesas e atuam na área e que procura promover a troca de conhecimento entre profissionais de logística. A rede conta com o apoio da TKI Dinalog, empresa holandesa da área de logística, e da EP-Nuffic, Fundação subsidiada pelo Ministério da Educação da Holanda que tem entre seus objetivos promover a internacionalização do ensino superior. É possível acessar a comunidade em: www.hollandalumni.nl/logistics.

A noite também contou com um momento de integração entre diferentes profissionais da área após as palestras para aprofundar a relação entre empresários holandeses da área e profissionais/alumni brasileiros. E ainda, anunciamos que esperamos encontra-los mais uma vez no Intermodal 2017, dos dias 4 a 6 de abril em São Paulo, em um novo momento no pavilhão holandês.

Você também pode ter acesso às fotos do evento aqui e à apresentação realizada aqui